O Que É Norma ISO-IEC 9126

Você conhece a ISO-IEC?
Ela é uma Norma Internacional, usada para avaliação da qualidade de produto de Software.
Esta norma é definida por seis características de qualidade para produtos de software, que são:

  • Funcionalidade;
  • Confiabilidade;
  • Usabilidade;
  • Eficiência;
  • Manutenibilidade;
  • Portabilidade.

Funcionalidade

Descreve a capacidade, um conjunto de funções que um software deve prover para que satisfaça as necessidades de um usuário,
sejam essas necessidades implpicitas ou explícitas, dentro de um contexto de utilização.

Essa característica propõe como subcaracterísticas, os seguintes itens:

  • Adequação
  • Acurácia
  • Interoperabilidade
  • Segurança
  • Conformidade

Confiabilidade

Esta característica descreve que o software deve manter o nível de desempenho, por um período de tempo determinado, sob as condições que foram especificadas.

Essa característica propõe como subcaracterísticas, os seguintes itens:

  • Maturidade
  • Tolerância a falhas
  • Recuperabilidade
  • Conformidade

Usabilidade

Esta característica descreve a capacidade do software ser compreendido, isto quer dizer, o esforço necessário que o usuário tem para aprender a operá-lo, quando usado
sob condições que foram especificadas.

Essa característica propõe como subcaracterísticas, os seguintes itens:

  • Inteligibilidade
  • Apreensiblidade
  • Atratividade
  • Operatividade
  • Conformidade

Eficiência

Essa característica refere-se à relação do desempenho do software e a quantidade de recursos que vão ser utilizados, isso é, o tempo de execução e os recursos envolvidos são compatíveis com o nível de desempenho do software.

Propõe como subcaracterísticas, os seguintes itens:

  • Comportamento em relação ao tempo
  • Comportamento em relação aos recursos
  • Conformidade

Manutenibilidade

Essa característica diz sobre o esforço que deve ser impregado para que sejam feitas modificações, melhorias, alterações específicas no software.

Como subcaracterísticas, temos os seguintes itens:

  • Analisabilidade
  • Modificabilidade
  • Estabilidade
  • Testabilidade
  • Conformidade

Portabilidade

Essa característica diz sobre a capacidade de ser transferido para outro ambiente.
Devemos considerar todos os fatores, sejam eles de adaptação (condições específicas de infraestrutura, Sistemas Operacionais, Banco de dados, etc), diferentes tipos e recursos
de hardware (como por exemplo, aproveitamento do processador, memória).
Além destes itens, devemos considerar também fatores como idioma ou a simplicidade para implementar um ambiente de testes.
Essas informações também devemos considerar como característica de portabilidade.

Como subcaracterísticas, temos os seguintes itens:

  • Adaptabilidade
  • Coexistência
  • Capacidade para ser instalado
  • Capacidade para substituir
  • Conformidade.